EPCISAVE dinamiza através de ensino à distância movimento «Laço Azul»

Hercilio CostaNotícias

A Escola Profissional CISAVE aderiu à campanha “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, tendo os Alunos do 2º ano do Curso Técnico de Comunicação Marketing e Relações Públicas desenvolvido um trabalho em que alertam consciências para esta problemática. No âmbito da disciplina de Técnicas e Práticas de Comunicação e Relações Públicas, a Turma analisou a origem do “Movimento do Laço Azul” iniciado nos Estados Unidos da América e que ganhou uma projeção mundial.

Criado em 1989, no Estado da Virgínia, por Bonnie W. Finney, depois de saber que os seus netos tinham sido vítimas de maus-tratos por parte dos pais, o movimento está a ser replicado com a colocação de Laços Azuis em instituições e outros locais emblemáticos. Aquela avó verificou que as crianças apresentavam nódoas negras pelo corpo. Como maneira de lidar com a dor, atou um laço azul à antena do seu carro. Escolheu esta cor com a finalidade de representar os corpos magoados e repletos de nódoas negras dos seus dois netos, tornando-se ao mesmo tempo um símbolo de alerta para a luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

Com os recursos do ensino à distância e o entusiasmo manifestado pela divulgação da campanha na EP CISAVE, os Alunos João Oliveira, Bárbara Freitas, Ana Pereira, Nelson Faria, Pedro Pereira e Alexandre Rijo escreveram frases para consciencializar a comunidade para a importância da prevenção, competindo ao aluno Joshua Oliveira a criação e arranjo gráfico do cartaz sob orientação do formador de Comunicação Gráfica e Audiovisual.